fsesfddd.jpg

Dependências Potificiais

Os aposentos pontifícios estavam localizados na Torre do Papa Luna (Bento XIII, Antipapa), onde o "aposento principal" ou quarto do pontífice estava localizado no primeiro piso e o estudo no segundo piso. Os quartos anexos à torre estavam ligados a estas duas dependências. Os inventários realizados incluem biblioteca, sala de jantar e casa de banho, ainda que, e devido à destruição perpetrada no século XIX e às reformas ocorridas no século XX seja difícil a sua localização – a investigação sobre estes locais continua e com a ajuda de provas arqueológicas, teremos uma ideia mais clara sobre o que foram e onde se localizavam exatamente.

Historicamente habituamo-nos e ver os Papas no Vaticano – local com praças imensas, salões grandiosos, as espantosas cúpulas – pelo que imaginar um Papa realizando o seu trabalho pontifício noutro local, não é assim tão fácil. Mas Bento XIII (Antipapa) – Papa Luna – viveu quase metade do seu pontificado numa Torre do Castelo de Peñícola.

Foi nessa Torre do Castelo de Peñíscola que desempenhou todas as tarefas pontifícias, realizou reuniões, trabalhou com os seus secretários, escreveu milhares de Bulas, criou universidades, lutou pela manutenção do seu lugar, e foi também aqui que escreveu o fabuloso “Libro de las Consolaciones de la Vida Humana”.

Saiu da sua Torre em 1414 para Morella e em 1415 para Perpignan, onde o tentaram persuadir a abandonar o seu confinamento e a renunciar aos seus direitos papais. Mas Bento XIII regressou para a segurança do Castelo de Peñíscola e para o conforto da sua Torre. Apesar de todas as contrariedades (más notícias e tentativa de assassinato por envenenamento) aqui permaneceu até à sua morte em 1423.