Festa de Fallas

O Festival das Fallas tem já mais de 150 anos de história e uma longa tradição em Xàtiva, foi a segunda cidade a festejar as Fallas depois de Valência. O primeiro monumento de Fallas foi edificado na Plaça de la Trinitat em 1865

O mês de Março é uma soberba oportunidade para visitar Xàtiva e passear pelas suas ruas em busca dos monumentos e da imensa panóplia de actividades oferecidas. As Fallas locais são muito populares, com 19 comissões, e têm as suas próprias características e valores culturais. Juntamente com as de outras cidades, as Fallas foram declaradas Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO em 2016.

 

Os monumentos de Fallas que satirizam a realidade são o elemento central e original do festival, o exemplo mais notável dos seus valores estéticos, criativos e técnicos. Em Xàtiva são criados 19, um para cada comissão de Fallas, acompanhados dos seus monumentos infantis correspondentes. No noite 19 de Março, dia de São José, o público assiste à queima colorida e simbólica do monumento. 

A arte efémera dos artistas de Outono, uma profissão muitas vezes transmitida de geração em geração, é transformada em cinzas após meses de trabalho.

 “[...] E foram estas mesmas guildas - a guilda da madeira em particular - que transformaram a sua festa da união no instrumento que canalizou o alívio do povo na tragicomédia de vestir os troncos rituais - o parot ou viga cruzada em que os carpinteiros penduraram a vela das suas vigílias de fábrica - com a aparência e a efígie do odiado ou a sua encarnação imediata: o mercador ladrão, o oficial de justiça déspota, o édilo aproveitador... As chamas cumprem então a sua missão litúrgica de purificação.” (tradução livre) (Josep Renau, Revista Nova Cultura, 1937.)

O calendário de eventos de Fallas cresce ano após ano e atinge o seu pico durante a semana de Fallas. São dias para viver na rua, com música e fogo-de-artifício. O programa concebido pelas diferentes comissões e pela Junta Local Fallera é muito variado: campeonatos desportivos, competições teatrais, confeção de paella, apresentações, desfiles, performances musicais, oferta de flores à Mare de Déu de la Seu, Semana Cultural, entre outras atividades. A Baixada de Sant Josep, uma peregrinação que tem lugar na manhã do dia 19, é muito característica e também muito concorrida.


Mapa interativo da Festa de Fallas

Um tour completo pelas ruas de Xativa, com a localização dos 19 monumentos falleros plantados na cidade.