4739632Master.jpg

Fonte das Vinte Cinto Bicas

Canal neoclássico monumental construído entre 1788 e 1804 com uma grande gárgula central e doze canos / bicas colocados em cadas um dos lados.

Esta é uma das fontes mais emblemáticas de Xativa. É a primeira em Xàtiva por ordem de chegada da água. Estava anteriormente localizado no Portal de Cocentaina.

Foi construída em estilo neoclássico tendo sido utilizados materiais para a construir a partir do "Portadel Banys" que foi demolido, bem como pedras originalmente destinadas à Igreja de La Seu, mas que não foram necessárias para a sua construção.

No século XIX e na primeira metade do século XX, o único meio de transporte para pessoas e mercadorias eram os cavalos, mulas e burros. Esta fonte foi construída para substituir o bebedouro ali existente – a famosa Pica Islâmica do século XI. Esta Fonte Islâmica do século XI, que se encontra exposta no Museu Almoradí.

Em 1914 foi construída uma nova pia de alvenaria em pedra de cantaria, rodeada por um portão de ferro forjado artístico.

Alguns anos mais tarde a Fonte foi restaurada pelo arquitecto José Acuña, que transformou os cantos da pia em cantos retos (antes eram octogonais).

Esta Fonte é continuamente alimentada por duas dúzias de bicas de bronze, em forma de cobra, no meio do chafariz há um relevo impressionante de uma gárgula, de cuja boca jorra água continuamente.

Na Fonte das 25 Bicas há uma placa comemorativa em que se lê:

"A sede saciou o lavrador sedento".

Com os meus cristais Sétabis floresce

O comércio cresce, a agricultura cresce.

A população e as colheitas aumentam".

(Tradução Livre)


 

(TEXTO ORIGINAL)

“La sed apagó al labrador sediento.

 Con mis cristales Sétabis florece

 Crece el comercio, la labranza crece. 

Población y cosechas acreciento”.

Dados de contato

46800 Xàtiva, Valencia, Espanha

O QUE FAZER

Visitas Próximas