Screen Shot 2021-08-04 at 12.41.11.png

Galeria e Adarve do Revolcadero

A passagem entre as diferentes partes de uma fortaleza é essencial – adarve (caminho de ronda, caminho no topo das muralhas de uma fortificação). Em tempos de guerra a defesa dependia em muito da velocidade com que as tropas se podiam deslocar no interior das fortificações. Na Fortaleza de Almodovar era constituída por dois conjuntos de escadas, que partiam do Pátio de Armas, que permitiam chegar a dois locais diferentes – lado sul e lado noroeste. Do lado sul acedia-se à Torre de Menagem, e do noroeste acedia-se à Torre das Campanas, à Torre Escucha e à Torre Escula. 

 

A Galeria faz parte da segunda linha de defesa da fortaleza, está localizada sob o Revolcadero e comunica com a Torre dos Mouros e com a porta de entrada original do castelo (data do século VIII, no presente é de difícil acesso, quando foi descoberta estava completamente subterrada vários metros abaixo da superfície).

“O acesso ao passadiço nordeste, entre a porta do primeiro recinto interior e o Revolcadero, faz-se através de uma estreita passagem na parte inferior deste último, que o atravessa na parte inferior e dá acesso ao passadiço que flanqueia o primeiro recinto (...) e o segundo recinto” interiores. (Tesis Almodóvar.pdf (unav.edu), página 163)

 

Ali também se encontra um grande matacães, por onde se lançava azeite e/ou água a ferver, materiais a em chama (fogo) ou pedras para travar o inimigo.