Igreja de São Feliu 

iglesia de sant feliu2
iglesia de sant feliu

«É um dos espaços mais emocionantes da cidade»

A igreja de São Feliu é a mais antiga da cidade, pertence ao tipo de igrejas que se espalharam no território da Coroa de Aragão, na sequência da reconquista - Jaume I, que reconquistou a cidade em 1244.

Foi construída em 1265 no local antes ocupado por um antigo templo pagão, que mais tarde foi ocupado por uma igreja visigótica e depois por uma igreja moçárabe. O templo foi mandado edificar por Jaume I, e dedicado a São Félix de Gerona (Sant Feliu). É a igreja mais antiga de Xátiva. Desde 1930 que está classificada como Bem de Interesse Cultural.

Situa-se nas encostas do castelo com vista para a cidade de Xátiva, perto do miradouro de Bellveret. O local do templo situa-se no que era a antiga cidade romana de Saetabis. 

Segue o modelo arquitetónico das chamadas igrejas de reconquista, que se espalharam desde a Occitânia até à Coroa de Aragão. Tem plano rectangular, com uma única nave e tem quatro arcos de diafragma, de luz extraordinária, que suportam o telhado de madeira de duas faces (que era todo policromado, ainda restam alguns vestígios), tem três janelas românicas, portas de acesso são muito simples, com arquivoltas e arcos semicirculares, sendo também de raízes românicas

No seu interior há que destacar a Pia de Água Benta, as Pinturas Murais e o Retábulo Principal.

A Pia de Água Benta é um elemento extraordinário, um trabalho de alabastro do século XIII em estilo românico retratando cenas da Natividade e da Adoração dos Pastores. A base é decorada com ornamentação floral, ainda contém vestígios da sua policromia original.

Como muitos outros templos esta igreja foi alvo de obras, tendo as suas paredes sido pintadas de branco, escondendo valiosas pinturas murais da primeira metade do século XIV. Uma intervenção de restauro conseguiu “recuperar” algumas das pinturas murais, sendo que estas são o maior grupo de pinturas medievais do estilo Gótico Linear ou Proto-Gótico conservado na Comunidade Valenciana. 

Retábulo de São Nicolau de Bari (localizado à esquerda do retábulo principal).

Pintura Mural retratando A Virgem Maria Entronizada (localizada na capela delimitada pelo segundo e terceiro arcos).

Encontramos ainda São Cristóvão e um Calvário na segunda capela do lado da Epístola (lado direito virado para o altar).

A peça mais notável dentro da Igreja de Sant Feliu é o imponente Retábulo Gótico do Altar Principal, o trabalho da oficina dos irmãos Cabane, datado do início do século XV.

Contém um painel com 27 tábuas/telas, distribuídos por um retábulo constituído por 2 corpos e 3 tramos, uma predella e uma “polsera” (moldura que cerca o retábulo), e duas esculturas posteriores dedicadas a Sant Feliu de Girona e Sant Félix de Lyon.

O retábulo é um reflexo fiel do período histórico, ainda ligado ao gótico, mas com ecos da nova linguagem renascentista. Tem o Brasão da Cidade e o Brasão Real da Coroa de Aragão, por ter sido uma obra encomendada pelos jurados, magistrados municipais no início do XV.

Dados de contato

Extrarradio Castell De Xátiva, 0 S-N, 46800 Xàtiva, Espanha

O QUE FAZER

Visitas Próximas