basilica santa maria.jpg

A Colegiada Basílica de Santa María

Construída num estilo sóbrio renascentista, a Igreja da Colegiada de Santa Maria foi declarada Património de Interesse Cultural.

A Basílica Colegial de Santa Maria é popularmente conhecida como La Seu (A Sé), apesar de a cidade não ter visto cumprida a sua aspiração de se tornar uma sede episcopal.

A construção começou em 1596 no espaço anteriormente ocupado pela mesquita principal, mais tarde convertida numa igreja cristã e elevada à categoria de Colegiado pelo Papa Luna Benedict XIII. A sua construção foi interrompida durante muitos anos devido à recessão económica causada pela expulsão dos Mouros, pela peste de 1648 e pela guerra na Catalunha.

A torre sineira de 60 metros de altura data do século XIX e é encimada por um pequeno templo dedicado à Virgen de las Nieves (Virgem das Neves), a santa padroeira da cidade, que pode ser alcançada depois de ter subido 180 degraus. A porta principal de La Seu, que só foi concluída no primeiro terço do século XX, contém estátuas de bronze dos dois papas Calixtus III e Alexandre VI.

Na fachada norte, virada para a rua Abat Pla, destacamos a magnífica porta de estilo barroco.

Uma visita ao Museu Colegial é uma obrigação. A partir do ambulatório pode aceder ao espaço do Museu Colegial que alberga os principais tesouros de La Seu - uma importante colecção de arte sacra com peças de pintura gótica, tais como os retábulos atribuídos ao Jacomart valenciano, e exemplos notáveis de trabalhos em prata gótica relacionados com a liturgia e os papas Bórgia.

O QUE FAZER

Visitas Próximas