palacio.jpg

Palácio Neogótico

O Palácio Neogótico é um dos elementos estéticamente mais vistosos, o seu estilo arquitetónico combina na perfeição com o seu entorno.  A planta deste magnífico edifício foi da responsabilidade do arquitecto D. Adolfo Fernandez Casanova, dos novos edifícios foi o primeiro a começar a ser construído (1903). É um edifício que revela grandes influências da arquitetura das mansões inglesas dos séculos XVII, XVIII e XIX (o conde Torralva estudou em Inglaterra).

Foi edificado numa zona com vista privilegiada – de sudeste tem vistas para a vasta planície (motivo pelo qual não se construíram ameias na muralha), a fachada nordeste permite ver toda a edificação medieval (mantendo a sensação de se estar numa fortaleza da Idade de Média).

É composto por dois andares e uma varanda, acede-se ao edifício pelo Hall dos Leões.

A fachada é absolutamente fabulosa. Nada é simétrico, todavia todos os  elementos estão em perfeita harmonia. O cuidado com que foi projetada, construída, bem como os pormenores dos acabamentos são de um cuidado extremo. D. Rafael Demaissieres y Torralva (12.º Conde de Torralva,  proprietário da fortaleza) não chegou a ver a obra terminada, os detalhes da ornamentação foram somente acabados após a sua morte.

Um dos grandes destaques deste palácio neogótico é a pedra que foi usada nos seus acabamentos – pedra de Luque (vários tipos de pedras, entre todas a de melhor qualidade), mas também pedra das pedreiras de Posadas (pedra branca), de Linares (mármore negra), e de Cabra (mármore vermelha), entre outros tipos de pedra.

O Palácio Neogótico um diamante bem lapidado e que se destaca na fortaleza.