Penedo da Saudade

Era o local onde D. Pedro vinha chorar a morte da sua amada Inês, e terá sido ele a apelidá-lo de "Penedo da Saudade", antes era conhecido por "Pedra dos Ventos". 

Ainda hoje é o recanto que todos os enamorados procuram, por se tratar de um local contemplativo e sereno, e oferecer uma vista ímpar sobre a cidade e o Rio Mondego.

Neste belíssimo miradouro ajardinado encontramos placas com versos de antigos estudantes e escritores - a mais antiga data de 1855 - destaque para a Sala dos Cursos e no Retiro dos Poetas. Destaque ainda para os bustos do poeta António Nobre, do escritor Eça de Queirós e ainda para a estátua do pedagogo João de Deus.

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook

© 2017 GRUPO GALA | All Right Reserved